29 de Abril de 2005

Leitura de fim-de-semana

Em primeiro lugar, ocupando um lugar de destaque por razões óbvias (leiam e vão perceber porquê):

E o resto (também com igual ou superior qualidade):

28 de Abril de 2005

Exchange Quick Tweaks

Depois de uma instalação nova do Exchange 2003, há algumas coisas imediatas que se podem (e devem) fazer. São o que eu chamo Exchange quick tweaks:

  1. Instalar o Exchange Service Pack 1 e os últimos patches de segurança;
  2. Configurar os backups. Garantir que existe pelo menos um backup online total semanal;
  3. Mover as base de dados e os logs para a sua localização definitiva;
  4. Instalar software anti-virus para Exchange;
  5. Começar a planear uma estratégia de combate ao spam. Na realidade actual é impossível não ter uma ferramenta de combate ao spam;
  6. Criar System Policies para as stores e servidores, mesmo que só exista um de cada;
  7. Instalar o Exchange Best Practices Analyzer (ExBPA) Tool noutro servidor e corrê-lo. O ExBPA sugere alterações à configuração de forma a melhorar o desempenho e estabilidade do sistema;
  8. Instalar (e usar!) software de monitorização. Não precisa ser o MOM, pode ser algo mais simples, tal como o Servers Alive ou o Big Brother;
  9. Começar a ler blogs dedicados ao Exchange (não precisa ser o meu :)). O You Had Me At EHLO é sem dúvida indispensável.

23 de Abril de 2005

Novas sobre o Exchange

Segundo um post de KC Lemson no site You Had Me At EHLO, esperam-se novidades sobre o Exchange no Tech·Ed 2005.
Assim, são esperadas algumas revelações sobre características da próxima versão, nome de código E12 e também sobre o muito aguardado Service Pack 2 para o Exchange 2003.
Alguém vai aos Estados Unidos? Parece que temos que esperar pela edição Europeia.

22 de Abril de 2005

Leitura de fim-de-semana

Directamente da sala de formação (de scripting) para o Mundo, cá vai a lista de leitura recomendada.

21 de Abril de 2005

Geometria dos discos

"Disk subsystem bottlenecks cause more performance problems than server-side CPU or RAM deficiencies, and a poorly designed disk subsystem can leave your organization vulnerable to hardware malfunctions.", in Optimizing Storage for Exchange Server 2003

Primeiro que tudo não se assustem com o título, garanto que não tem nada a ver com a disciplina de Matemática ;-)
O sistema de storage tem tendência a tornar-se o principal foco de estrangulamento num servidor Exchange. Ao preço que está a memória, deixou de ser esta a principal responsável por problemas de desempenho.
A chave para um sistema afinado é um planeamento e desenho adequados. Existe informação muito valiosa disponível na internet, como é o caso do documento referido no início deste post.

Uma melhoria imediata que se pode fazer é alinhar os discos (daí o título de geometria). As partições criadas pelo Windows 200x em discos com mais de 63 sectores por pista começam no sector 64. Como os blocos de informação têm a dimensão de 4096 bytes e cada sector tem 512 bytes, cada 8 blocos lidos ou escritos no disco ocupam 2 pistas (parece confuso, mas não é).
Felizmente a Microsoft disponibiliza uma ferramenta, o Diskpar, que permite alinhar as pistas com os sectores. Com a utilização desta ferramenta consegue-se aumentar o desempenho até 20%. No entanto, o fabricante do sistema de storage (leia-se SAN) deverá ser consultado antes de utilizar o Diskpar. É que em certos casos não haverá qualquer benefício.
Um bom exemplo de informação disponibilizada pelo fabricante é a HP, com o documento: HP StorageWorks Enterprise Virtual Array 5000 and Microsoft® Exchange Server 2003: storage performance and configuration — white paper.

O Diskpar pode ser encontrado no Windows 2000 Server Resource Kit. Com o lançamento do Service Pack 1 do Windows 2003, o Diskpart (note-se o "t") passou a incluir esta funcionalide. A nova sintaxe para criar partições com o Diskpart é:

create partition primary [size=N] [offset=N] [ID={Byte GUID}] [align=N] [noerr]

Claro que se pode continuar a utilizar o Diskpar:

Usage: diskpar [ -i -s ] DriveNumber
-i: query drive layout and partition information
-s: set partition information (only used on raw drive please)

Webcasts de Exchange em Maio

Como já é costume, Eileen Brown apresenta-nos no seu blog os webcasts de messaging para o próximo mês. Aqui fica a lista:

13 de Abril de 2005

Exchange Security Update

Esta é uma notícia que provavelmente vão ver em tudo quanto é blog de segurança ou dedicado ao Exchange Server, mas que é de facto incontornável. Até porque, felizmente, os lançamentos de patches de segurança do Exchange 2003 não têm sido assim tantos, pelo que a publicação de um é sempre motivo de notícia.
A falha de segurança em si, Vulnerability in Exchange Server Could Allow Remote Code Execution (894549), diz o seguinte:

"A remote code execution vulnerability exists in Microsoft Exchange Server that could allow an attacker to connect to the SMTP port on an Exchange server and issue a specially-crafted command that could result in a denial of service or allow an attacker to run malicious programs of their choice in the security context of the SMTP service."

Nem de propósito, ainda ontem falei aqui sobre comandos SMTP.
Como o grau de severidade é crítico, vamos lá a instalar o patch rapidamente, não sem antes testá-lo convenientemente, claro.

12 de Abril de 2005

Comandos SMTP

Quem lida com o Microsoft Exchange Server ou com sistemas de correio electrónico em geral, sabe que os comandos SMTP podem ser muito úteis para troubleshooting.
O protocolo SMTP foi apresentado ao mundo por volta de 1982, no documento RFC821. Desde então este protocolo sofreu algumas alterações, existindo um novo RFC, o 2821.
Voltando então ao troubleshooting, utilizando os comandos SMTP por telnet é possível despistar problemas relacionados com esta componente do Exchange Server.
Primeiro de tudo é preciso fazer telnet ao servidor Exchange em questão. Por defeito o cliente Telnet do Windows não faz display dos caracteres digitados, pelo que será conveniente correr primeiro o Telnet e dar o comando "set local_echo" (no Windows XP é "set localecho").
Uma vez que nos estamos a ligar a uma sessão SMTP, o porto em questão é o 25, pelo que o comando telnet será:

C:> telnet servidor 25

Ao que a resposta será:

220 servidor.company.com Microsoft ESMTP MAIL Service, Version: 6.0.3790.211 ready at Tue, 12 Apr 2005 09:23:18 +0100

Os comandos telnet suportados são:

Extended HELLO (EHLO) or HELLO (HELO)
MAIL (MAIL)
RECIPIENT (RCPT)
DATA (DATA)
RESET (RSET)
VERIFY (VRFY)
EXPAND (EXPN)
HELP (HELP
NOOP (NOOP)
QUIT (QUIT)

Basicamente, o que vamos precisar é de iniciar comunicação com um HELO, identificarmo-nos com um MAIL FROM, definir o destinatário com um RCPT TO e escrever o texto com o comando DATA. A sequência total seria:

HELO
250 servidor.company.com Hello [10.100.100.190]
MAIL FROM:<rui.jm.silva@company.com>
250 2.1.0 rui.jm.silva@company.com....Sender OK
RCPT TO:<someone@company.com>
250 2.1.5 someone@company.com
DATA
354 Start mail input; end with .
SUBJECT: Teste de SMTP
Mensagem de teste do blog http://ehlo.blogspot.com
.
250 2.6.0 <SERVIDORxhbzagpc534ys000049fd@servidor.company.com> Queued mail for delivery
QUIT
221 2.0.0 servidor.company.com Service closing transmission channel

Notem que a inserção de texto deve acabar com um ponto (.) numa linha vazia.
Por esta altura já devemos ter uma mensagem na caixa de correio do destinatário.
A Microsoft tem um artigo que também fala sobre este assunto, XFOR: Telnet to Port 25 to Test SMTP Communication.

9 de Abril de 2005

Crítica!

Como já devem ter reparado, sou um ávido leitor de tudo o que tenha a ver com o Microsoft Exchange. E até eu, de vez em quando, gosto de fazer o gosto à "caneta" e escrever os meus próprios artigos.
Ora, depois de ler tanta coisa, começamos a apercebermo-nos que alguns dos pseudo-autores que pululam pela net têm algumas lacunas técnicas ou quedam-se pelo plágio disfarçado.
Não me interpretem mal, tenho o maior respeito por quem escreve e procura transmitir conhecimento à comunidade, mas por vezes acho que mais valia "certos e determinados" artistas estarem quietos (quem me conhece sabe que eu embirro particularmente com um ;-)).
Vem isto a propósito de um artigo que eu comecei a ler com muito interesse:

O dimensionamento de servidores Exchange é um tema apaixonante, só os cálculos para o storage davam um livro!
Só que infelizmente o artigo devia chamar-se "Dimensionamento de Exchange para mentecaptos". O senhor Lee Benjamin que me desculpe, não conheço o resto da sua obra e espero que este artigo tenha sido um equívoco, mas pasme-se nesta pérola acerca do dimensionamento:
"For most Exchange implementations, it is possible to use the following sizing guidelines:
- A small Exchange server might support up to 100 mailboxes.
- A medium Exchange server might support up to 500 mailboxes.
- A large Exchange server might support up to 1000 mailboxes.
"
Brilhante! Agora alguém me explica o que são servidores small, medium e large? Um servidor large suporta até 1000 mailboxes??? Isso são números dos tempos do Exchange 5.5!
É este o tipo de artigos que nunca me vão ver recomendar na minha rúbrica semanal "Leitura de fim-de-semana".

8 de Abril de 2005

Leitura de fim-de-semana

Mais uma semana, mais uma fornada de artigos:

"Exchange Server User Monitor"

A Microsoft acaba de lançar mais uma ferramenta bastante útil, o exmon.
O Exchange Server User Monitor permite recolher uma série de informação individual sobre cada utilizador, relativo à sua experiência com o Exchange Server.

The Microsoft® Exchange User Monitor (ExMon) tool enables administrators to
view and evaluate individual users' usage and experience with Microsoft Exchange
Server. With this tool, administrators can gather real-time data that helps them
better understand current client usage patterns and plan for future use. By
using ExMon, administrators can view the following:
• IP addresses used by clients
• Microsoft Office Outlook® versions and mode, such as Cached Exchange Mode and classic online mode
• Outlook client-side monitoring data
• Resource use, such as:
• CPU usage
• Server-side processor latency
• Total latency for network and processing with Outlook 2003 version MAPI
• Network bytes

7 de Abril de 2005

Exchange 2003: Management Pack Configuration Wizard

E aqui fica outro download bastante interessante da Microsoft: o Management Pack Configuration Wizard.
Basicamente este wizard permite a configuração de uma forma bastante simples dos Mangement Packs de Exchange para o MOM.

Exchange 2003 SDK Documentation and Samples March 2005

Esta notícia é de particular interesse para os programadores. A Microsoft dsponibilizou no último dia de Março a mais recente actualização do Exchange SDK, que contém instruções e exemplos de promação em ambiente Exchange Server.

"This release of the SDK provides new and updated information and sample code to help you develop collaborative enterprise applications with Exchange.
Included in this release are updates to the SDK documentation, tasks for implementing managed store event sinks, procedures for building managed event sink DLLs, and a task for getting free/busy status over HTTP.
"

2 de Abril de 2005

Nomeação MVP

Foi com uma imensa satisfação que recebi hoje um email da Microsoft com a minha nomeação MVP.
Esta distinção é sem dúvida um grande incentivo para a partilha de conhecimentos técnicos, mas mesmo se não existisse continuaria a fazer sentido a entre-ajuda que normalmente se verifica na comunidade do ciber-espaço.
Pessoalmente posso dizer que a ajuda que por vezes dou aos outros contribui de uma maneira geral para o meu auto-enriquecimento técnico. Por isso, já sabe: ajude e seja ajudado!
Falta dizer que fui nomeado na categoria Exchange Server e, já agora, fica aqui um link para o meu perfil.