29 de Janeiro de 2005

Parabéns "You Had Me At EHLO"

Dizem que dá azar desejar os parabéns antes da data, mas como eu não sou supersticioso felicito desde já o blog da equipa do Exchange da Microsoft, aka, You Had Me At EHLO.
É já no próximo dia 9 de Fevereiro que o blog comemora 1 ano de existência, durante o qual nos brindou com verdadeiras pérolas de sabedoria. Quem sabe, sabe!
Para comemorar, nós é que recebemos as prendas.
No seu mais recente post, Our blogoversary is coming up - have any questions on Exchange 12?, a equipa convida todos os leitores a deixarem uma pergunta sobre a próxima versão do Exchange, nome de código E12. Irão ser escolhidas 5 para serem respondidas no dia de aniversário.

28 de Janeiro de 2005

Leitura de fim-de-semana

Como prometido, a leitura de fim-de-semana vai passar a ser uma rúbrica semanal, por isso eis o que temos no menu para hoje:

(Hoje como estou um bocado sem tempo não vos faço um resumo de cada um, mas leiam que vale bem a pena).
Bom fds!

27 de Janeiro de 2005

Exchange num Domain Controller

Tantas e tantas vezes que já fui confrontado com esta questão: devo ou não instalar o Exchange num controlador de domínio?
A primeira resposta é: NÃO! No entanto, esta configuração apesar de desaconselhada até é suportada pela Microsoft. A verdade é que tem alguns inconvenientes.
Para acabar de vez com a polémica, Michael Smith resolveu reunir num post do seu blog toda a informação sobre este assunto:
Exchange Server 2003 and Domain Controllers - A Summary

Lotus Notes & Domino 7

Um dos velhos inimigos de estimação do Microsoft Exchange volta à carga.
A IBM anunciou na conferência Lotusphere, que decorreu em Orlando, que o lançamento da versão 7 do Lotus Notes & Domino ocorrerá no próximo Verão.
Segundo o fabricante, um dos grandes trunfos será o baixo TCO.
Mais informações:

25 de Janeiro de 2005

Tudo sobre segurança para o Exchange

Security Resources for Exchange Server 2003 é o site da Microsoft que centraliza a mais variada informação sobre segurança para o Exchange Server 2003.
Guias de instalação e configuração, técnicas anti-spam, hardening de infra-estruturas, best practices, links externos, enfim, há de tudo um pouco.
Inclusivamente ainda podemos lá encontrar uma referência ao Exchange Edge Services, que já foi abandonado pela Microsoft, assunto já referido aqui num post anterior. Parece que alguém anda distraído :-)

21 de Janeiro de 2005

Leitura de fim-de-semana

Já não é a primeira vez que sugiro neste blog uns quantos tópicos de leitura, por isso resolvi criar uma rúbrica semanal: "Leitura de fim-de-semana".

E por hoje é tudo. Se alguém quiser contribuir para esta lista, deixe um comentário ou envie-me um email.

20 de Janeiro de 2005

It's (a)live!

E a outra notícia do dia, para além da notícia sobre a próxima versão do Exchange, nome de código E-12, é o lançamento oficial do Microsoft Office Outlook Live (MOOL).
Este serviço será disponibilizado pela MSN, mas será pago: USD $59.95 por ano. O serviço inclui integração com o Microsoft Outlook, 2GB de capacidade de mailbox, apossibilidade de enviar anexos até 20MB e protecção anti-vírus e anti-spam.
A Microsoft publicou uma Press Release, Microsoft Office Outlook Live: Outlook Lights Up With MSN Hotmail, acerca do assunto.

Exchange 12

Exchange 12 é, para já, o nome de código da próxima versão de Exchange, anteriormente designado Kodiak. O novo nome de código, Exchange 12, ou apenas E-12, pretende claramente fazer a associação com a próxima versão da suite de colaboração da Microsoft, o Office 12.
Tal como já tinha noticiado no meu post anterior, Novidades, finalmente..., a principal novidade é o abandono da unificação da tecnologia de base de dados com o SQL. O JET está para durar.
Algumas das novas funcionalidades anunciadas são:
- gestão melhorada dos Public Folders
- nova interface do ESM
- suporte a backup contínuo
- funcionalidades de colaboração melhoradas
- suporte a 64 bit
- integração de fax e voice-mail

A data de lançamento não foi confirmada, sendo de esperar que o E-12 verá a luz do dia lá para 2006 ou 2007.
Como é a notícia do dia, não é de admirar que vários sites tenham ártigos sobre o assunto:


19 de Janeiro de 2005

Desempenho, desempenho, desempenho!

Scott Schnoll, este tipo jeitoso aqui da fotografia, tem um artigo bastante interessante no Microsoft Exchange Server TechCenter. Exchange Server 2003 Performance: 10 Things to Think About aborda 10 tópicos que devem ser levados em linha de conta quando pretendemos melhorar o desempenho dos servidores Exchange 2003.
O artigo não nos fornece uma receita a aplicar, mas indica-nos os princípios a aplicar no planeamento, implementação e operação de uma infra-estrutura de correio electrónico baseada no software da Microsoft.
Se gostarem das dicas do Scott, não deixem de ler um capítulo do seu livro, disponibilizado online, conforme noticiado anteriormente aqui no blog, Tuning Exchange 2003: uma verdadeira pérola.

Relacionado com o mesmo tema, Jill Reinauer (foto da direita) assina Using Exchange Server 2003 Stress Tools in a Test Lab, publicado no mesmo site.

18 de Janeiro de 2005

MCSE: Messaging

Um blog tem que ter algo de pessoal e revelar algo do seu autor.
É precisamente com esse espírito que hoje escrevo aqui que acabei de obter a especialização em messaging do MCSE.
Para se obter a certificação MCSE: Messaging on Microsoft Windows Server 2003, é necessário completar a percurso MCSE e realizar mais dois exames específicos:

  • 70-284: Implementing and Managing Microsoft Exchange Server 2003
  • 70-285: Designing a Microsoft Exchange Server 2003 Organization
Foi este último que realizei com êxito hoje, por isso, parabéns para mim ;-) (sim, até porque só há mais 3.611 pessoas com igual certificação no mundo).

Qual o valor de uma certificação?
De acordo com o site da Microsoft "The MCSE certification is one of the most widely recognized technical certifications in the industry". Talvez... Eu diria que a certificação é daquelas coisas que é bom ter, tal como um curso superior, e que até pode servir de desempate quando 2 pessoas de qualificações semelhantes concorrem a um mesmo emprego.
Mas o que a certificação devia garantir, mas infelizmente assim o não é, era constituir prova inequívoca que o profissional de TI tem as competências necessárias para desempenhar com sucesso as funções na sua área de especialização.
Pessoalmente, defendo que a obtenção da certificação deveria estar obrigada à apresentação de um trabalho prático ou estágio, mas provavelmente é uma ideia difícil de concretizar.

14 de Janeiro de 2005

13 de Janeiro de 2005

Novidades, finalmente...

De acordo com um artigo no site SearchExchange, o roadmap actualizado do Exchange deve ser divulgado para a semana.
Como já é do conhecimento público, o lançamento do Exchange Edge Services foi cancelado, mas a Microsoft comprometeu-se a incluir algumas das funcionalidades deste ex-produto no Service Pack 2 a lançar este ano, como por exemplo a tecnologia Sender-ID.
Outra novidade divulgada no mesmo artigo é a de que a intenção de uniformizar o motor de base de dados do Exchange com o SQL foi abandonada. A próxima versão do Exchange, prevista para meados de 2006, continuará a utilizar o Microsoft Jet. A principal razão para esta decisão parece ter a ver com motivos de timing, uma vez que a Microsoft aposta em fazer coincidir o lançamento do Exchange com a nova versão do Office.

12 de Janeiro de 2005

You just had to try, didn't you?

Aventuras e desventuras com o Pocket PC Emulator.
Recentemente, durante a implementação de uma infra-estrutura de Exchange 2003, precisei fazer uns testes para validar o ActiveSync. Como não dispunha de nenhum dispositivo móvel, resolvi utilizar um emulador de Pocket PC.
Deve ser fácil, não é? Afinal estamos a falar de um dispositivo relativamente simples. Errado! Pois bem, tomem nota do que é preciso instalar (segundo um post no blog You Had Me At EHLO):

  1. Instalar o ActiveSync 3.7 (entretanto saiu o 3.8)
  2. Instalar o Pocket PC SDK 2003
  3. Instalar o Pocket PC SDK 2003 Emulator Images
  4. Instalar Visual Studio .NET 2003 (!)
Pensavam que era fácil, não era? Mas esperem, isto não fica por aqui...
Como precisava instalar tanta coisa, resolvi não "sacrificar" o meu PC de trabalho. A solução foi utiliza uma máquina virtual (Virtual Server 2005) que me disponibilizaram. No final da (longa) instalação, quando tentei correr o emulador pela primeira vez, fui presenteado com a seguinte mensagem:

"You just had to try, didn't you?" É impossível não soltar uma boa gargalhada :-)
Pois bem, qual acabou por ser a solução? Instalar o Visual Studio .NET 2005 Beta 1. Esta versão do Visual Studio já permite correr o emulador de Pocket PC em máquinas virtuais. O problema com a versão 2003 é que o emulador de Pocket PC e a máquina virtual partilham parte do software de emulação, o que causa resultados inesperados.
Se tentarem correr o emulador no Visual Studio .NET 2005 e tiverem problemas, o Amit Chopra tem algumas soluções no seu blog.
Como nota final, gostava de vos informar que a Microsoft resolveu agregar as marcas Pocket PC e Smartphone numa única: Windows Mobile.

11 de Janeiro de 2005

Hosted e-mail. Porque não?

Segundo um estudo do Radicati Group, cerca de 2/3 das contas de correio electrónico estão em formato hosted. Também não deixa de ser interessante a conclusão de que o Exchange 2003 funcionou como impulsionador deste tipo de mercado. Aqui fica o artigo completo:

Atenta a novas oportunidades, a Microsoft cedo tratou de arranjar um produto específico para este mercado. Foi assim que nasceu a Microsoft Solution for Hosted Exchange 2003, uma solução baseada em software Microsoft e que permite um rápido time-to-market.
Recentemente a Microsoft estendeu esta solução, integrando neste momento os produtos Exchange Server 2003, Live Communication Server 2005 e ainda o Windows SharePoint Services.
Links relacionados:

10 de Janeiro de 2005

Novidades de Redmond

Upgrading Exchange Server 5.5 to Exchange 2003 in a Medium-Sized Organization é um conjunto de 3 documentos onde a Microsoft debate os métodos de upgrade/migração para pequenas e médias empresas.
Se se interessa pelo tema da migração, não deixe de ler um post anterior, Migração Exchange 5.5 -> 2003 no site MSExchange.org.

Entretanto também foi disponibilizada a mais recente versão do software de sincronização com dispositivos móveis, o ActiveSync 3.8.

E, já que estamos a falar de novidades, vou-me afastar um pouco do tema central deste blog e falar da nova ferramenta de combate ao spyware da Microsoft. O Windows AntiSpyware foi lançado na passada Quinta-Feira (versão beta) e está a ser um sucesso. Já foi publicado um estudo comparativo e os resultados foram favoráveis ao produto da Microsoft.
Existem ainda rumores que amanhã será disponibilizado o software de anti-vírus.

7 de Janeiro de 2005

O endereço de e-mail mais comprido do mundo

Quer ter um endereço de e-mail verdadeiramente único?
Gostava de entrar para o o Guiness?
Quer ter um endereço de e-mail para dar às pessoas de quem não gosta?
Então vá a este site e registe-se. Fica com um endereço do tipo:
nome@abcdefghijklmnopqrstuvwxyzabcdefghijklmnopqrstuv
wxyzabcdefghijk.com

Segundo eles:

Like the Great Wall of China, this is the longest alphabetical email address on Earth and it will remain so for the foreseeable years!
(Obrigado Francisco, pela dica)

6 de Janeiro de 2005

Tuning Exchange 2003: uma verdadeira pérola

O site da editora Addison Wesley disponibiliza-nos um capítulo inteiro do livro Microsoft Exchange Server 2003 Distilled, da autoria de Scott Schnoll.
O capítulo Exchange Server 2003 Tips and Tricks é de facto uma autêntica pérola, pois nele podemos encontrar vários parâmetros para melhorar a performance do Exchange Server 2003.
Para usar, mas com cuidado! Não se esqueçam da velha máxima que alterações em ambientes de produção só depois de muito bem testadas.

Tópicos de leitura

As notícias e os artigos relacionados com o Microsoft Exchange Server abundam na internet, felizmente para este blog. É verdade que há uns de maior interesse que outros, pelo que para vos poupar o trabalho de vocês leitores fazerem essa selecção, aqui vos deixo alguns links para ler com mais atenção:

  1. How does Exchange 2003 Migration Wizard MATCH with Target Accounts?, um artigo no blog You Had Me At EHLO, da autoria de Kahren Allakhverdyan (mas quem é que "inventa" estes nomes?), de particular interesse para quem está a planear ou já a realizar uma migração.
  2. Learn a best practices approach to Exchange administration, publicado no site TechRepublic e assinado por Derrick Brasslett. O título diz tudo, não é?
  3. Apple Owes the Enterprise a Better Client, uma opinião de John Rizzo disponível no site da eWeek. Segundo o autor, sabem qual é a primeira medida a tomar? "An Exchange Server MAPI client for Mac".
  4. Support policy for Microsoft Exchange APIs with .NET Framework applications, um artigo da Knowledge Base da Microsoft, particularmente interessante para quem faz desenvolvimento.
  5. Microsoft hurries antispyware, delays Exchange updates, para ler no site da Computer World, uma história de Paul Roberts e Joris Evers. A notícia não é bombástica, mas não deixa de ser interessante.
  6. Managing Outlook Settings for Office 2003 SP1, Sue Mosher fala-nos no site da Windows IT Pro dos novos ficheiros .adm (templates) e .opa que acompanham o SP1 e que podem ter passado despercebidos.

E pronto, cultivem-se que o conhecimento nunca é demais.


5 de Janeiro de 2005

Melhore a funcionalidade do Outlook 2003

Increasing Outlook User Acceptance é o artigo assinado por Joseph Neubauer na edição de Fevereiro da publicação Exchange & Outlook Administrator.
São 10 dicas que o autor nos fornece para melhorar a funcionalidade do Outlook 2003 e simultaneamente, segundo ele, aumentar a aceitação ao produto por parte dos utilizadores.
No final, diz-nos ainda como fazer o deploy dessas alterações através de GPO.
Podia-se pedir mais?

Migração Exchange 5.5 -> 2003 no site MSExchange.org


O site MSExchange.org acaba de publicar o artigo Preparing Exchange 5.5 Directory for Migration to Exchange 2003, da autoria de Amit Zinman.
O artigo faz apenas a introdução ao processo de migração e seria bom que tivesse uma segunda parte.
Se quiser obter mais informação sobre um processo de migração desta natureza, deixo-lhe aqui mais uns links interessantes:


4 de Janeiro de 2005

Como esconder o endereço e-mail dos spammers

De repente os endereços de correio electrónico começaram a valer dinheiro. Basta fazer as contas: se eu enviar 1 milhão de mensagens com publicidade e tiver uma taxa de retorno de 0,1%, são 1.000 pessoas que vão comprar o meu produto!
Isto não é propriamente novidade, mas apesar de todas as medidas de combate ao spam ele é uma realidade dos nossos dias. Longe vão os tempos em que podíamos enviar o nosso endereço de e-mail para listas de discussão sem o perigo de sermos bombardeados com mensagens comerciais não solicitadas.

Gostava por isso de vos falar aqui sobre um método de esconder o endereço de correio electrónico dos spammers. O método não é propriamente novo, mas muita gente não o conhece.
Imaginem que eu tenho uma página na web (pode ser um blog como este) e pretendo divulgar o meu e-mail para que me possam contactar. O mais provável é que passados poucos dias comece a receber mensagens de spam. Porquê? Porque um dos métodos que os spammers têm de obter endereços é através de aplicações que pesquisam milhões de páginas na internet e que detectam a sintaxe de um endereço de e-mail (para mais informações não deixe de ler o artigo How do spammers harvest email addresses ?).

O método de protecção consiste em encriptar os caracteres do endereço de correio electrónico pelos seus correspondentes códigos hexadecimais. Este método funciona com todos os browsers modernos e, de acordo com um estudo de 6 meses, impede a obtenção do endereço por parte dos spammers.
Para dificultar ainda mais a tarefa aos prevaricadores, pode-se utilizar uma linguagem de scripting para separar os caracteres, impedindo por exemplo que as aplicações de procura detectem a tag mailto.
Desafio agora os leitores deste blog a verem o código HTML da barra aqui do lado direito e tentem encontrar o link Email Me, onde eu forneço o meu endereço pessoal. Vão descobrir que está lá qualquer coisa do género:

%72%6A%6D%73%40%6F%6E%69%6E%65%74%2E%70%74

Para fazerem a conversão para hexadecimal e aprenderem mais sobre este método, não deixem de consultar as muitas páginas na internet sobre este assunto, por exemplo How and Why of obfuscating your address.
Deixo-vos também uma recomendação de um livro muito interessante sobre o assunto: Inside the SPAM Cartel.

3 de Janeiro de 2005

Novos artigos sobre tecnologia anti-spam

Valid ID RequiredSe alguém ainda tem dúvidas que a segurança está na ordem do dia, basta abrir a edição de Janeiro da Redmond Magazine.
Somos contemplados com vários artigos sobre intrusão, encriptação e de tecnologias anti-spam. É precisamente sobre estes que gostava de me debruçar um pouco mais.
Karen Epper Hoffman assina Valid ID Required, onde aborda algumas tecnologias diferentes de combate ao spam, mas com especial incidência na Sender ID, detida pela Microsoft.
Já Roberta Bragg resolveu desta vez dar um especial enfoque à tecnologia defendida pela Yahoo, DomainKeys, no seu artigo Keys to the Domain.
Para quem quiser saber mais: